Radiográfico

Corte Seco

Corte Seco surgiu a partir dos sistemas criados pelo autor José Sanches Sinisterra, e desenvolvidos por Christiane Jatahy nos últimos anos. A diretora edita ao vivo o espetáculo, mudando a ordem e cortando as cenas em pontos diferentes a cada apresentação. Para o projeto gráfico, o Radiográfico se inspirou na trama de fita crepe desenhada pelos atores no cenário, criando fronteiras e espaços que dialogam com a narrativa. Corte Seco recebeu a indicação de melhor texto no Prêmio APTR_RJ e de melhor direção no Prêmio Shell 2010.